habitissimo - Reformas y Servicios para el Hogar

Certificado Energético de Habitação: Preços e Orçamentos

475 €/udPreço médio

Intervalo de preços indicado pelos profissionais de certificado energético de habitação: 200 €/ud - 750 €/ud

Solicite orçamentos dos melhores profissionais da sua área

Estes preços são uma estimativa e podem variar dependendo de fatores como a qualidade dos materiais, a duração da obra, as dimensões...

Nesta guia

Peça gratis e sem compromisso orçamentos a profissionais da sua zona

Como funciona o serviço de orçamentos de habitissimo?

Gráfico de pessoa solicitando orçamento através do telemóvel1. Conte-nos acerca do seu projeto de certificado energético de habitação.
Pedido de orçamento através do telemóvel2. Compare os melhores profissionais e empresas de certificado energético de habitação.
Conversa telefónica entre um profissional e um particular3. Poderá obter orçamentos e contratar o profissional de que mais goste, se o desejar.
Em menos de um minuto e totalmente gratuito

Certificados Energéticos: Tipos e Preços

Tipo de certificadoPreço
Certificação acustica de moradia
250 €
Certificação da instalação electrica
45 €
Certificação energetica de moradia co 2 pisos e 200m2
450 €
Certificação energetica de comercio com 600m2
600 €
Como obtemos os preços?

Como obtemos os preços?

Os preços que aparecem neste Guia de Preços provêm de informações reais que recebemos dos nossos usuários particulares e profissionais, contrastadas e revistas por especialistas do sector.
+ 2,356pedidos de orçamento de certificado energético de habitação
+ 157profissionais de certificado energético de habitação
+ 101opiniões verificadas de certificado energético de habitação

Informação útil

O certificado energético, além de ser obrigatório no caso de construção de novas casas, é também obrigatório existir no caso de casa já construídas e é sempre requerido em processos de compra e venda, novas escrituras a até mesmo na promoção imobiliária. Este serviço é feito por Peritos Qualificados e tem um custo médio de 450€, para o caso de uma moradia de 2 pisos.

  • 1 a 2 semanas
  • Dificuldade: baixa
arrow

Documentos necessários para certificação energética de habitação

» Cópias da planta do imóvel

Sem o projeto de arquitetura ou a planta da habitação, o certificado energético de habitação não será emitido. Esse documento deve ser legível e à escala do imóvel.

Caso o seu documento não seja aceite, um arquiteto pode fazer uma nova planta da sua casa.

Benefícios em ter o certificado energético de habitação

Permite a implementação de melhorias na casa

Durante o processo de obtenção do certificado energético, vários fatores são estudados para que seja atribuída uma classe à habitação. Se o imóvel não tiver a avaliação energética A+, existem possíveis melhorias.

As melhorias mais comuns a serem feitas nas habitações em Portugal são a aplicação de isolamento nas paredes e pavimentos, o uso de sistemas de energias renováveis, a instalação de caldeira e esquentadores mais eficientes, entre outros.

Assim que receber a avaliação, saberá quais as remodelações a fazer para obter uma avaliação energética mais alta – que se aproxime de A+. Apesar de ser um investimento extra, as remodelações irão valorizar a sua habitação.

Caso faça alterações na sua habitação, mas já tenha passado pelo processo de certificação, deve obter um novo certificado. A certificação acústica de moradia ronda os 250€ e a certificação de instalação elétrica tem um custo médio de 45€.

A sua habitação será uma das principais escolhas

Seja para compra ou para arrendamento, a habitação com maior avaliação energética será, na maioria das vezes, a primeira opção dos portugueses. Mesmo que o preço do imóvel seja mais elevado, estas habitações continuam a ser a primeira escolha.

A razão desta escolha é o baixo consumo energético. Isto significa que, a longo prazo, o imóvel terá despesas mais baixas, ou seja, será mais económico.

Valorização da habitação

Mas e para o proprietário do imóvel? Quanto mais elevada for a avaliação energética do imóvel, maior será a valorização do mesmo, ou seja, o imóvel terá um preço mais elevado – tanto no arrendamento como na compra.

Além da valorização, a habitação também terá benefícios extra, nomeadamente em termos de IMI e IMT.

Por estas razões, muito proprietários optam por fazer melhorias nos imóveis.

» Já leu o nosso artigo de “10 ideias para ter uma casa mais sustentável e ecológica”?

Clique no botão abaixo e saiba preços exatos para certificação energética do seu imóvel.

FAQ - Perguntas frequentes sobre certificação energética de habitação

Para que serve a certificação energética de habitação?

Este documento é emitido por técnicos autorizados e dá mais informações sobre o desempenho energético de uma habitação. A classificação tem uma escala de A+ a G, sendo A+ a classe mais económica.

Qual a validade deste documento de certificação energética?

Para imóveis de habitação e pequenos imóveis de comércio e serviços, o documento tem uma validade de 10 anos.

Qual o preço do consumo médio anual de uma habitação?

Para um apartamento T3, em Lisboa, com certificado B, o consumo máximo ronda os 1050€. Já para uma moradia T3 com o certificado C, o consumo máximo ronda os 2250€.

Qual a classe de eficiência energética média em Portugal?

A classe mais comum em Portugal é a C. Atualmente, a classe B- é o mínimo exigido para edifícios novos.

Quais as caraterísticas que uma casa deve ter para que a sua classe seja A+?

Uma habitação A+ tem 3 caraterísticas essenciais: boa qualidade da habitação – paredes, isolamentos, desempenho térmico, entre outros –, baixo consumo de energia e deve contribuir no uso das energias renováveis.

Que influência tem o certificado na escolha de compra e aluguer de casa?

O certificado energético dá-nos informações sobre os consumos de energia anuais que estão previstos para o imóvel em causa. Menos consumos traduz-se em menos gastos para a pessoa que comprar ou arrendar a casa.

E se não tiver certificado, o que acontece?

Caso não tenha certificado, sujeita-se a pagar uma multa ao Estado. Para particulares, a multa tem um valor máximo de, aproximadamente, 3740€. Para empresas, esse valor máximo ronda os 44.890€.

Posso arrendar o meu imóvel sem certificado energético?

Não. Atualmente, ao anunciar uma habitação para arrendamento, deve incluir a informação relativa à classe energética do imóvel. Apesar de ser um gasto extra para o proprietário, o imóvel será valorizado.

Como pedir um certificado energético de habitação?

Comece por fazer uma pesquisa por peritos qualificados

O certificado energético é obrigatório em algumas situações, como em edifícios novos, habitações que sejam colocadas à venda ou arrendamento, em edifícios de serviços ou comércio com área interior útil igual ou superior a 1.000 m2, entre outros.

Caso o seu imóvel seja um dos casos em que este certificado é obrigatório, o primeiro passo é encontrar profissionais qualificados na emissão de certificados energéticos na sua área de residência.

Reúna os documentos necessários

De seguida, reúna os documentos necessários à obtenção do certificado e tenha-os consigo durante a visita do perito ao imóvel. Além da documentação mencionada anteriormente relativa ao imóvel, tenha consigo os documentos de identificação do proprietário.

Após a visita, os cálculos feitos irão ser introduzidos no Sistema Nacional de Certificação Energética e da Qualidade do Ar Interior nos Edifícios. O processo pode demorar de dois a três dias, aproximadamente.

Obtenha o certificado energético

Finalmente, o seu certificado estará pronto. Antes de pedir a emissão do mesmo, pode consultar os resultados e, se quiser, fazer as remodelações necessárias à obtenção de uma avaliação mais alta.

A nível de preços, a certificação energética de uma moradia com 2 pisos ronda os 450€, e a certificação de comércio com 600m2 tem um custo médio de 600€.